Relógio das Emoções JDO Consultoria - ABC das Emoções

Relógio das emoções

Já parou para pensar em como nossa vida é guiada por nossas emoções? Em um mesmo dia podemos sentir raiva, amor, tristeza, alegria, zangada, cansada, e tantos outros sentimentos. Não paramos para anotar e muitas vezes nem identificamos que aquele momento proporcionou tamanho sofrimento ou euforia. Certamente aí está a explicação do principal motivo de muitas pessoas chegarem ao fim do dia afirmando “Hoje meu dia foi péssimo” ou “Que dia incrível, todos poderiam ser assim”….

A dica de hoje para ensinar as crianças a identificar e controlar suas emoções ou mudar de atitude para não piorar ainda mais uma situação é o Relógio das Emoções.

Relógio das Emoções

Além de todo desenvolvimento psicomotor, a construção do “relógio das emoções” tem como objetivo associar as diferentes emoções às situações vividas e identificar os sentimentos e as emoções em si e nos demais.

Abaixo mostramos como você faz para construir o seu relógio das emoções

Material para o Relógio das Emoções:

  • Papel mais durinho (para base do relógio);
  • Canetinhas;
  • Tesoura;
  • Pedaço de cordão (para fixar o ponteiro e possibilitar seu giro);
  • Fita adesiva (para fixar o relógio em algum local acessível).
  • Coloque quantos sentimentos achar necessário.

Colocando em prática. Pergunte as crianças:

O que você sente quando ganha um novo brinquedo? Se ela for pequena ajude respondendo a primeira e colocando o ponteiro em alegria!

Quando alguém que você gosta dá um abraço bem apertado o que você sente? Dê um tempo para a criança pensar e responder.

Quando você não pode jogar videogame (escolha algo que a criança goste muito), como você fica? Talvez ela responsa triste, ou também ela pode responder raiva!

E quando estamos jogando juntos e você ganha, qual a sua reação?

Resumindo, depois de fazer as perguntas e incentivar a criança a responder através do relógio das emoções, explique porque ele passará a fazer parte da rotina da família.

Identificando e controlando as emoções

Explique para as crianças que seus sentimentos podem trazer consequências, muitas vezes ruins. Mas eles podem evitar esses problemas quando conseguem controlar suas emoções.

Como podem fazer isso?

Quando seu filho fica com raiva só porque um amigo não quer brincar com o brinquedo que ele queria, por exemplo. Qual a atitude? Quebrar o brinquedo? Chorar desesperadamente se jogando no chão? Bater no amigo? Claro que não! Além de piorar a situação, o amigo vai ficar triste e aí não vai mais querer brincar junto.

Por isso, quando estiver com raiva, triste ou magoada, faça assim: Pare, pense no que te deixou com raiva ou triste, respire fundo 3 vezes, pois isso irá te acalmar, e pense em uma nova solução. Quem sabe se você escolher um novo brinquedo!

Neste exemplo, você ajudou seu filho a identificar como ele se sentiu, e incentivou a tomar uma nova atitude depois de colocar em prática sua técnica para se acalmar. Com o passar do tempo isso irá virar rotina e já pensou o quanto irá beneficiar seu filho na vida adulta?

Quando pensamos com calma nos problemas que nos afligem fica muito mais fácil encontrar soluções melhores.

Esta técnica realmente funciona e irá ajudar você e toda sua família a encarar a vida de uma nova forma, muito mais tranquila e feliz!

As profissionais do projeto ABC das Emoções

Anelise Kowalski: Facebook | Instagram | Linkedin

Janes Dinin: Facebook | Instagram | Linkedin

Sabrina Aroucha: Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *