Valores Humanos - jdo consultoria

VALORES: Comando central da conduta humana

Refletir sobre os sentimentos e sonhos a respeito do que gostaria de fazer são pistas importantes para a identificação do que é realmente mais importante para você e, dessa forma, também descobrir os seus valores.

Aproveite esse momento de isolamento para responder para você mesmo: O que mais importa para mim?  O que eu gostaria verdadeiramente de realizar? Que legado eu gostaria de deixar? Para onde estou indo? Por que estou indo para lá? Eu quero ir? Aonde eu gostaria de estar indo? Que sacrifícios estou disposto a fazer, que preço estou disposto a pagar para chegar lá?

O que precisamos fazer é pensar nos anos que ainda nos restam para viver neste planeta e decidir quando vamos começar a trabalhar para conseguir o que queremos.

Nossos valores nos guiam

Os valores guiam e direcionam o nosso comportamento e afetam as nossas experiências diárias. A prática dos valores é a revelação da verdadeira razão de fazermos as coisas que fazemos, e não outras que poderíamos fazer.

E você, tem aproveitado a quarentena para pensar em quais são os seus valores? O seu comportamento e suas ações são guiadas por quais valores?

Hoje vamos falar um pouco sobre essas palavras poderosas e definições que usamos para identificar nossos valores, pois são elas que dão sentido e canalizam esforços humanos, tanto em nível pessoal quanto organizacional.

Então pegue papel e caneta e vamos a um exercício prático. Vamos identificar seus valores governantes (VG). Neste momento é importante escrever declarações curtas, que identifiquem as coisas que são importantes para você. Não se preocupe em usar palavras. As coisas que são importantes para você podem ser pessoas, atividades, lugares, sentimentos, qualquer coisa que considere importante. E lembre-se de que está procurando coisas que são verdadeiramente seus valores governantes, aqueles dos quais você se sente proprietário.

Está se sentindo um tanto confuso e inseguro, sem saber por onde começar? Não é só você. É difícil decidir quais são nossos valores governantes, em parte porque já estão dentro de nós, e podemos não ter palavras para descrevê-los.

Vamos facilitar um pouco?

Perguntas que ajudarão neste processo de descoberta dos Valores.

1 – Quais coisas me parecem mais importante?

2 – Que pessoas, atividades ou coisas tem real importância para mim?

3 – O que gosto de fazer quando não estou sob pressão, tendo que fazer outras coisas?

4 – O que eu faria se soubesse que tinha apenas mais três meses de vida?

5 – Quando minha vida terminar, ficarei contente por ter feito o que?

6 – Que talentos ou habilidades especiais eu tenho? O que é que eu faço realmente bem?

7 – O que eu gosto de compartilhar com os outros?

8 – Existem coisas que sinto o desejo íntimo de desenvolver?

9 – O que estou fazendo nos momentos em que mais me sinto em harmonia e paz?

10 – O que sempre penso em ser ou fazer algum dia?

11 – Estou disposto a dedicar minha vida a que?

12 – O que é que me causa sofrimento?

Quais das respostas acima refletem o que verdadeiramente quero, não apenas o que penso que deveria fazer ou o que os outros possam querer que eu faça?

Depois de responder a essas perguntas, responda a mais essa, que à primeira vista parece não ter nada a ver com as outras:

Então, para cada valor governante que identificou, pergunte-se: Por quê? E anote as respostas.

13 – Porque gasto tanto tempo com essa pessoa, atividade ou coisa?

14 – Porque meus sentimentos são fortes em relação a esse valor?

15 – Porque gasto dinheiro com coisas relacionadas com esse valor?

16 – Por que estou gastando tanta energia com esse projeto, relacionamento ou atividade?

17 – Por que gasto tão pouco tempo, ou energia, com esse valor? Ele não é tão importante para mim quanto as coisas com as quais gasto tempo ou energia? Ou é importante, mas no momento está sendo ultrapassado por outros compromissos ou urgências?

Ficou mais fácil? Abaixo, listamos também algumas palavras que podem te ajudar a descobrir seus valores.

Alguns valores genéricos:

Aceitação, adaptação, afeto, apoio, apreciação, atenção, autenticidade, confiança, autocontrole, aventura, compaixão, compreensão, compromisso, conhecimento, consideração, contribuição, coragem, credibilidade, crescimento, criatividade, cuidado, desafio, desfrute, disciplina, diversão, eficácia, eficiência, empatia, energia, entusiasmo, estrutura, felicidade, fidelidade, alegria, harmonia, honestidade, humor, independência, integridade, inteligência, liberdade, liderança, lógica, mentalidade aberta, motivação, otimismo, esperança, paixão, perícia, pontualidade, prazer, precisão, prevenção, profissionalismo, realismo, realização, reconhecimento, respeito, riqueza, satisfação,  saúde, sinceridade, sinergia, trabalho em equipe, utilidade, inovação, emancipação, segurança, prudência, aprendizagem, desenvolvimento, carreira, justiça, sucesso, espiritualidade, resiliência, amor, família.

E aí, conseguiu identificar seus valores dominantes? Pensou em alguma palavra que não foi citada na lista?

Agora que você já identificou seus VG, lembre-se: Valores não são pronunciados como intenção, mas sim vividos como ação.

Quer tenhamos consciência ou não, temos valores que exercem forte influência sobre nosso comportamento, mas quando identificamos nossos valores, ganhamos um poder incrível para aumentar nossa eficiência pessoal.

Nossas escolhas são decorrentes das nossas crenças, que se confirmam pela prática quotidiana. Temos uma inclinação natural para praticar ações que estejam de acordo com os nossos valores governantes profundamente enraizados, e talvez seja por este motivo que a frase “Não ouça apenas o que dizem, mas observe o que fazem. É na prática que os valores são revelados”, faz tanto sentido quando analisamos o comportamento e a maneira de agir de algumas pessoas.

Agora vamos fazer aquela recapitulação rápida:

O que são mesmo os VALORES?

Valores correspondem à nossa essência. São aquelas coisas a que damos importância na vida, tais como família, crescimento, ética, respeito, integridade, honestidade, prudência, saúde, diversão e assim por diante. Para muitas pessoas, são ideias que estão no consciente. Para outras, não. Todavia, conscientemente ou inconscientemente, tudo o que fazemos ou deixamos de fazer está ligado aos nossos valores.

Nossos valores funcionam como um software que nos atrai para a vida, nos motivam e governam nossas decisões. Pense nas áreas de sua vida, como carreira, família, saúde, qualidade de vida e outros. Depois, pense nas atividades que você realiza em cada uma destas áreas. Agora, pense nos ganhos de cada atividade, nos motivos que levam você a fazer o que você faz. Você estará no caminho de extrair e se tornar consciente dos seus valores.

Que exercício perfeito para fazer neste momento de isolamento social. Certamente você pensou em muita coisa que tem feito na sua vida e na sua carreira que poderia mudar. Parar e avaliar é muito importante para que possamos saber exatamente para onde estamos indo.

Muito bem, qual a importância de se ter consciência de seus próprios valores? Simples: felicidade, senso de propósito e satisfação. Quando conhecemos e vivemos pelos nossos valores, nos sentimos realizados, felizes, satisfeitos. Lembre-se das vezes em que você mais esteve alegre e entusiasmado na sua vida. Muito provavelmente você estava vivendo pelos seus valores. O contrário também é verdadeiro, ou seja, se você esteve desequilibrado na sua vida, possivelmente você estava vivendo fora de seus valores.

Todos temos um conjunto de valores que seguimos, a diferença está em estarmos ou não conscientes deles. Foi justamente isso que te propomos no post de hoje, ganhar consciência dos teus valores para vive-los de forma intensa.

É essa capacidade de identificar os valores governantes que determinará o seu grau de autoconhecimento e autocompreensão.

Gostou do assunto? Fica aqui a dica de leitura do Livro “O poder de viver seus valores” de Hyrum W. Smith

Se quiser conversar mais sobre o assunto, trocar ideias e sugerir temas, entre em contato. Será uma enorme satisfação atender você!

Janes S. Dinon Ortigara
JDO Consultoria, Assessoria e Coaching
(48) 99912-1610 (Vivo)

Acompanhe nossas redes sociais:

Facebook, Linkedin, Instagram

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *