Vamos falar sobre forças e virtudes! É importante ressaltar que as ações humanas demonstram, de forma absoluta, o que governa cada pessoa, em todas as suas experiências de vida. A prova cabalística é que o indivíduo faz o que julga melhor (em qualquer circunstância), a partir de seu estado de prontidão e, com o que tem de informações a respeito.
Todavia, nada escapa à conexão com os valores e objetivos, pois, mesmo que o comando seja de forma velada, a atitude é que revela tudo.
Os estudos de mais de 200 fontes/catálogos (religiosos ou não), endossam a existência de seis grandes virtudes, confira abaixo:
1- Saber e conhecimento
2- Coragem
3- Amor e humanidade
4- Justiça
5- Moderação
6- Espiritualidade e transcendência

Cada uma dessas virtudes é significada com maior profundidade e importância, consoante sua corrente filosófica e/ou religiosa que a aborda.
No entanto, o que se deve destacar é: Como se pode desenvolver e manter elevada a prática dessas virtudes, com resultados mensuráveis em qualquer atividade exercida (profissional e/ou pessoal)?
Para exercitar a virtude da moderação é preciso ter antes a modéstia, a humildade, o autocontrole ou a prudência e o cuidado (mindfulness). A virtude da humanidade pode ser alcançada pela benevolência, filantropia, capacidade de amar e ser amado, sacrifício ou compaixão.
Na medida que temos conhecimento das grandes virtudes, podemos definir e escolher os caminhos para chegar ao desenvolvimento máximo delas, ou seja, alcançamos esse estágio pelas forças do caráter.

FORÇAS PESSOAIS:


A identificação das forças que cada indivíduo tem, possibilita alcançar melhores resultados pelo uso seletivo e convergente com valores, missão e propósito de vida.
Distingue-se, no entanto, FORÇAS que é um traço moral, de TALENTOS que não é. Aprofunda-se a diferença quando se nota a maior dificuldade em desenvolver os talentos por sua natureza inata (nascemos com eles), do que as forças.
Um exemplo disso é o talento para a música, onde a identificação dos acordes e notas, combinado com a execução de um instrumento é conseguido muito mais facilmente quando se tem essa inclinação natural.
Por outro lado, têm-se a coragem, originalidade, justiça, bondade, vontade de aprender, prudência, humildade e otimismo como exemplos de forças.
Os talentos são automáticos (Ex.: identificação de uma nota musical), enquanto as forças são voluntárias (Ex.: exercer a honestidade ao dizer ao caixa que está devolvendo dinheiro a mais do que o troco correto).

As forças envolvem escolhas acerca de quando serão utilizadas.

Quando queremos melhorar a vida (Ex.: de +3 para +8) o exercício da vontade é mais importante do que a reorganização de fatores externos.
Descobrir forças e virtudes e usá-las na vida diária, potencializa a performance.

Forças


Todas as pessoas possuem várias forças pessoais, elas são forças de caráter que cada um conscientemente possui, celebra e (se conseguir organizar a vida com sucesso) exercita diariamente no trabalho, no amor, na diversão e outras áreas da vida.
Com a sua lista de maiores forças e, para cada uma, veja se algum destes critérios se aplica:

  • Um senso de participação e autenticidade (“Este sou eu”).
  • Uma sensação de entusiasmo quando uma força está em ação.
  • Uma rápida curva de aprendizagem quando uma força é exercida, em especial se for a primeira vez.
  • Contínua vontade de colocar novas maneiras de pôr uma força em prática.
  • Vontade de encontrar meios de usar determinada força.
  • Fortalecimento em vez de exaustão, ao usar uma força.
  • Criação e busca da realização de projetos pessoais que girem em torno de determinada força.

Alegria, animação e entusiasmo quando do emprego de determinada força.
Esta é a prova final, pois, se uma ou mais dessas situações se aplicarem às suas maiores forças, é sinal de que são forças pessoais. Use-as com mais frequência, em todas as situações possíveis.
Esta é a via de acesso à vida boa: empregar as forças pessoais diariamente nos principais setores da vida, gerando gratificação abundante e felicidade autêntica. O trabalho foi concebido para desenvolver as pessoas e realizar seus sonhos. No entanto, distancia-se disso quando não se usa as forças pessoais conscientemente. A caracterização do trabalho, segundo seu significado, profundidade e importância é: tarefa, carreira, vocação.
O emprego convergente das forças pessoais, propicia o exercício pleno da vocação humana.

24 FORÇAS

Considera-se como fator importante, que as forças são identificadas pela natureza interna que motiva os atos praticados. Quando se faz algo forçado por razão externa (Ex.: cumprir uma meta determinada por alguém, sem a efetiva adoção como seu desafio individual) escapa ao sentido da auto-concordância. A grande vantagem em descobrir e usar as forças individuais é que a harmonia decorrente fortalece a realização dos mais altos sonhos, transformados em objetivos de vida.

Quais são suas maiores forças pessoais?

A relação das seis grandes virtudes ( saber e conhecimento, coragem, humanidade e amor, justiça, moderação e transcendência )com cada grupo de forças pessoais, permite que se tenha um parâmetro de análise das principais características.

Na sequência você pode realizar os testes sugeridos.

PRIMEIRA VIRTUDE: Saber e Conhecimento

Curiosidade/interesse pelo mundo, (flexibilidade e grau de receptividade e interesse pelas novas experiências, mesmo com incertezas).
A afirmação: “Tenho sempre curiosidade em relação ao mundo”

  • Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • Tem a ver comigo ( 4 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 1 )
    A afirmação: “Eu me desinteresso facilmente”
  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )
    Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
    Esta é sua contagem de curiosidade.

Gosto pela aprendizagem
(o prazer em aprender fica evidente, em estudo dirigido ou autodidata, os avanços pessoais são acompanhados por indicadores)

A afirmação: “Eu me sinto mobilizado quando aprendo alguma coisa nova, independente da complexidade”
– Tem tudo a ver comigo ( 5 )
– Tem a ver comigo ( 4 )
– Neutro ( 3 )
– Não tem muito a ver comigo ( 2 )
– Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Nunca me afasto do meu caminho para visitar instituições educacionais, laboratórios, centros culturais”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não em a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem do gosto pela aprendizagem.

Critério/pensamento crítico/lucidez
(examina a situação por diferentes lados antes de decidir, possibilidade de mudar de ideia, orienta-se pela realidade).

A afirmação: “Quando o assunto exige, posso ser um pensador altamente racional”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Minha tendência é fazer julgamentos apressados”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem do critério.

Habilidade/originalidade/inteligência prática/esperteza
(a criatividade permite soluções diferentes e adequadas para facilitar o alcance do objetivo).

A afirmação: “Gosto de maneiras novas de fazer as coisas”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Meus amigos, em sua maioria, são mais imaginativos do que eu”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de habilidade.

Inteligência social/inteligência pessoal/inteligência emocional
(consciência dos motivos e sentimentos alheios, percepção da bondade e liderança como fatores de socialização).

A afirmação: “Qualquer que seja o ambiente e a situação social, me sinto muito à vontade”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Não tenho muita facilidade em perceber o que os outros estão sentindo”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de inteligência social.

Perspectiva
(medida em que outros recorrem à sua experiência para ajuda-los a resolver problemas e adquirir perspectiva de si mesmos)

A afirmação: “Sempre consigo olhar as coisas e ver o panorama geral”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Raramente alguém vem me pedir conselhos”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de perspectiva.

SEGUNDA VIRTUDE: Coragem

Bravura e valentia
(assume posição firme, mesmo quando impopulares, enfrentamento da adversidade física ou emocional)

A afirmação: “Tenho me posicionado frente a forte oposição”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Dor e desapontamento frequentemente me desanimam”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de bravura.

Perseverança/dinamismo/diligência
(termina o que começa, decide e implementa, com alto grau de prontidão para tarefas/projetos mesmo difíceis ou complexos)

A afirmação: “Sempre termino o que começo”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )


A afirmação: “Sempre deixo alguma tarefa para depois”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de perseverança.

Integridade/autenticidade/honestidade
(não apenas dizer, mas viver a verdade. “Sê verdadeiro consigo mesmo, e não serás falso com ninguém.”)

A afirmação: “Sempre cumpro as promessas que faço”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Meus amigos raramente dizem que sou prático, objetivo e honesto”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de integridade.

TERCEIRA VIRTUDE: Humanidade e amor

Bondade e generosidade
(gosto pela prática de boas ações, mesmo sem conhecer o favorecido, empatia e simpatia)

A afirmação: “No mês passado, ajudei um vizinho/amigo voluntariamente, sem qualquer expectativa de retorno”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Raramente me interesso tanto pela sorte dos outros tanto quanto me interesso pela minha”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de bondade.

Amar e aceitar ser amado
(valorização dos relacionamentos, entrega e recebimento de afeto)

A afirmação: “Na vida, conto com pessoas que se importam tanto com meu bem-estar e meus sentimentos quanto com seus próprios”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Tenho dificuldade em aceitar o amor que me oferecem”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de capacidade de amar e ser amado.

QUARTA VIRTUDE: Justiça

Cidadania/dever/espírito de equipe/lealdade
(respeito pelo direito alheio, lealdade com princípios e pelos resultados coletivos)

A afirmação: “Trabalho melhor em grupo”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Eu exito em sacrificar meus interesses em benefício dos grupos de que participo”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de cidadania.

Imparcialidade e equidade
(livrar-se de preconceitos e não deixar que sentimentos pessoais influenciem as decisões sobre outras pessoas)

A afirmação: “Trato todo o meu pessoal igualmente”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Quando não gosto de uma pessoa, acho difícil trata-la com imparcialidade”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de imparcialidade.

Liderança
(humanidade no trato com pessoas, respeito aos princípios da convivência, prontidão para ajudar e energia para seguir)

A afirmação: “Sempre consigo, sem precisar insistir, que as pessoas se unam para realizar suas tarefas de forma comprometida”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Não me saio muito bem planejando atividades de grupo”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de liderança.

QUINTA VIRTUDE: Moderação

Autocontrole
(controle de impulsos, postura equilibrada mesmo diante de pressão, com subordinados, colegas, superiores ou nas outras relações)

A afirmação: “Eu controlo minhas emoções”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Raramente consigo manter uma dieta ou realizar meus exercícios físicos no prazo estabelecido”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de autocontrole.

Prudência/discrição/cuidado
(cautela e ponderação antes do arrependimento pela precipitação)

A afirmação: “Evito atividades fisicamente perigosas ou com exposição e sem muito sentido, escapando do exibicionismo”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Às vezes, escolho mal as amizades e os relacionamentos”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de prudência.

Humildade e modéstia
(os atos são suficientes para realçar sua importância na essência)

A afirmação: “Quando as pessoas me elogiam, eu agradeço, mas mudo de assunto”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Falo com frequência sobre minhas realizações”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de humildade.

SEXTA VIRTUDE: Transcendência


(forças emocionais que saem de você, estabelecendo conexão com algo maior e mais durável: outras pessoas, o futuro, a evolução, o divino ou o universo)

Apreciação da beleza e da excelência
(exaltação pela beleza moral de um gesto ou algo físico, que vai muito além da posse material, contentamento com a contemplação)

A afirmação: “Recentemente me emocionei com a grandeza de um gesto, e ficou na minha memória a magnitude de um pedacinho do universo que avistei na natureza”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Não me lembro de ter criado algo de muito especial no ano passado, que merecesse a citação como um grande destaque”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de apreciação da beleza.

Gratidão
(apreciação da excelência do caráter moral de alguém, postura digna de reconhecimento pelas coisas da vida)

A afirmação: “Sempre agradeço, ainda que por pequenas coisas”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Raramente penso nas dádivas que recebo”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de gratidão.

Esperança/otimismo/responsabilidade com o futuro
(postura positiva e compromisso em relação ao que está por vir)

A afirmação: “Embora exista dificuldade, sempre vejo o lado bom como o principal”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Raramente planejo com cuidado e esmero o que vou fazer”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de otimismo.

Espiritualidade/senso de propósito/fé/religiosidade
(crenças sólidas e coerentes acerca do propósito maior e do significado do universo, filosofia de vida)

A afirmação: “Minha vida tem um firme propósito”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Não sinto qual é minha clara vocação na vida”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de espiritualidade.

Perdão e misericórdia
(a generosidade e consideração em relação a uma segunda chance, livre de ressentimentos)

A afirmação: “Eu acredito que o que passou, passou”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Sempre procuro tirar diferença, ir à forra”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de perdão.

Bom humor e graça
(ver, sentir e propagar o lado alegre da vida)

A afirmação: “Com frequência, o sentido do trabalho assume mais o caráter de um ato de prazer do que de algo árduo”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Raramente digo coisas engraçadas, ou acrescento uma pitada de bom humor a uma situação difícil”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de humor.

Animação/paixão/entusiasmo
(inspiração que se incorpora ao dia-a-dia como combustível)

A afirmação: “Eu me entrego plenamente a tudo que faço”

  • – Tem tudo a ver comigo ( 5 )
  • – Tem a ver comigo ( 4 )
  • – Neutro ( 3 )
  • – Não tem muito a ver comigo ( 2 )
  • – Não tem nada a ver comigo ( 1 )

A afirmação: “Eu me aborreço frequentemente, sem justificativa plausível”

  • Tem tudo a ver comigo ( 1 )
  • Tem a ver comigo ( 2 )
  • Neutro ( 3 )
  • Não tem a ver comigo ( 4 )
  • Não tem nada a ver comigo ( 5 )

Some os pontos destes dois itens e escreva aqui __.
Esta é sua contagem de animação.

CONTAGEM DE PONTOS

Anote a seguir sua contagem de pontos para cada uma das forças, posteriormente ordene do mais alto para o mais baixo.

Provavelmente, você terá cinco ou menos escores de 9 ou 10, e estas são as suas maiores forças, pelo menos de acordo com o que você respondeu. Faça um círculo ao redor desses números.

Você também terá escores baixos, e essas são as fraquezas.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.