Hoje é um dia mais que importante. É o Dia do Abraço!

Nesta época de pandemia, de quem você mais sente saudades de abraçar?

A falta que um abraço impacta diretamente nossas emoções, já que um abraço é uma das melhores formas de demonstrar amor, carinho, saudade, consolo, entre você e outra pessoa.

Alguém mais aí com falta de um abraço? Este isolamento social mostrando para muita gente o quanto um abraço é poderoso e pode eliminar aquela sensação de vazio!

Mas quando falamos em abraço, é aquuueeeelllleeee abraço de verdade. Não vale aquele de mentirinha que as pessoas quase não se encostam! Abraço que toca coração com coração, aperta. Abraço que fica por pelo menos 20 segundos. Estudos mostram que abraços assim são capazes de mudar até o nosso humor, além de favorecer todas ligações dos neurônios para uma vida feliz.

Esse hormônio do amor, conhecido por ser liberado nas manifestações de afeto, chama-se Ocitocina . E sabe as coisas maravilhosas que esse hormônio nos causa? Vamos de apresentar algumas delas:

·         Promove o apego materno, que acontece logo no nascimento da criança;

·         Fortalece relações;

·         Alivia o estresse e ansiedade;

·         Facilita o parto e aleitamento materno;

·         Melhora as habilidades sociais de autistas;

·         Promove generosidade;

·         Diminui a pressão arterial;

·         Efeito calmante…

Quem aí está com aquela saudade de um abraço ao encontrar uma pessoa querida na rua? Em rever e dar aquele abraço nos avós, familiares, amigos,…

Mas enquanto estamos em um momento atípico, podemos abraçar as pessoas que estão convivendo conosco, e até mesmo nos abraçarmos.

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.